fundo.png
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Twitter

TRAJETÓRIA

Vivi grande parte da minha infância na cidade de Ubaíra, interior da Bahia. As eleições da pequena cidade, com todo o seu fervor, fizeram-me despertar o gosto para a política. 

A partir do ano de 2013 passei a atuar diretamente no ativismo de direita, pois enxerguei que, como jovem, precisava me posicionar frente a uma juventude politicamente correta, escravizada pela ideologia esquerdista e avessa aos valores cristãos. Durante o ensino médio, por adotar uma postura combativa, fui perseguido por colegas e professores, mas em momento algum me abati. Segui a luta!

Durante o processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT) – 2015/2016, participei das manifestações e defendi a queda da petista em debates. Também em debates acadêmicos, no mesmo período, atuei pela aprovação do projeto Escola Sem Partido, com objetivo de colocar um fim na doutrinação ideológica, predominantemente esquerdista, nas salas de aula.

Sempre carregando os princípios conservadores, sou bolsonarista, tendo defendido, já em 2015, o então deputado Jair Bolsonaro como opção para a presidência da República. Em 2017, me filiei ao Patriota, partido que abrigaria Bolsonaro até o presente momento. No mesmo ano, junto com meus amigos de luta Diego Castro, Micael Thomas e Murilo Ramos, fundei o movimento Bahia Direita, que hoje é a maior movimento de direita do estado, com milhares de seguidores nas redes sociais e responsável por inúmeras ações pró governo.

Como o "casamento" entre Bolsonaro e o Patriota não deu certo, segui para o PSL junto com o Capitão, onde presidi a juventude do partido na Bahia, e atuei ativamente na campanha, tocando ações em Salvador e na região metropolitana. Enfrentei, em 2018, a esquerda em mais debates acadêmicos, onde defendi o plano de governo vitorioso nas urnas. Após o êxito do presidente nas eleições e o posterior racha no PSL, me afastei da executiva local do partido e segui ao lado da coerência. Tempos depois, com o anúncio da formação do Aliança pelo Brasil, atuei na coleta de assinaturas através de mutirões e participando, como integrante da mesa, do evento para a criação do partido, realizado em Salvador. 

Neste ano de 2020, também participei, juntamente com meus irmãos do movimento Bahia Direita, de duas mobilizações nacionais em Brasília, tendo como principais pautas o respeito institucional, a manutenção do mandato do presidente Bolsonaro e a defesa dos valores cristãos. Ainda em Brasília, na toada desta luta por uma Salvador melhor, intercedi junto ao governo Bolsonaro, através dos seus respectivos ministérios, por melhorias na nossa saúde, pelo fim do uso político do aparato estatal por organizações da esquerda, pela recuperação econômica através da nossa atividade turística, pela implementação de ideias para o desenvolvimento empreendedor da nossa juventude e o combate ao vitimismo e a ideologia de gênero.

Em Salvador, estive a frente, junto com outros movimentos e líderes de direita, promovendo carreatas e ações pela reabertura do comércio, opondo-me às atitudes do poder público municipal, que se mostraram e ainda se mostram desproporcionais, deixando milhares de soteropolitanos desempregados e na miséria. Ciente desta triste realidade, elaborei, junto com o Bahia Direita, um plano de socorro socioeconômico para o nosso município, entregue à Câmara com mais de mil assinaturas, entre empresários, autônomos e trabalhadores em geral.

Como relatei no inicio deste, sofri muita perseguição durante o ensino médio, mas hoje em dia sofro ainda mais, mesmo porque atualmente sou graduando em administração pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), onde travo batalhas no campo ideológico por um ensino científico sem influência do marxismo. No ambiente universitário público, se você é de direita, conservador e cristão, você é chamado de fascista, nazista e tudo que é "ista" possível.

 

O que me motiva a prosseguir cada vez mais firme são as palavras de incentivo, os abraços, as mensagens de apoio que recebo diariamente e o brilho nos olhos de cada patriota, esse é o meu combustível. São muitos anos de luta e dedicação, e tenho consciência de que ainda teremos muitos leões a enfrentar pela frente. Conto com vocês nessa nova e mais difícil batalha que estou enfrentando em toda a minha vida, de ser eleito para a Câmara de Salvador, onde além de apresentar bons projetos, irei lutar para que os maus não prosperem. Não irei me curvar às atitudes que venham cercear as nossas liberdades, seja quem for o prefeito. Com independência, seguirei prioritariamente em defesa dos valores conservadores, da família e da liberdade econômica, colocando sempre Deus acima de tudo

38 PROPOSTAS PARA SALVADOR

ACOMPANHE AS NOVIDADES NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Twitter
27380.png

ESTE SITE NÃO FOI FINANCIADO COM DINHEIRO PÚBLICO

 
 
 
 
capa.png
FALE COMIGO

Gostou e se identificou com a minha trajetória e as minhas propostas? Entre em contato conosco e seja um apoiador voluntário!

(71) 9 9160-9838

 
alexandre-moreira-final.png